Um ode à igualdade

on 27 de fevereiro de 2013




"Ingenuidade, talvez, mas eu nunca irei entender como religião pode ser uma base real de conflito, pois seguramente todas as religiões tem em seu âmago uma mensagem de amor e paz.  Mesmo assim existem tais disputas entre fés e até mesmo entre doutrinas - veja os recentes episódios na igreja episcopal fundada em intolerância ao clero feminino e ao homossexual.

Seria tão diferente então algumas pessoas buscarem me negar o prazer silencioso do meu copo de cerveja? Pois certamente enquanto eu a estiver apreciando pacificamente, sem excessos e sem prejudicar eu mesmo ou a outros, não seria um aspecto simples e inocente da realidade de Deus?  Ou então como C.S. Lewis escreveu
Um indivíduo cristão pode julgar apropriado abdicar de todos os tipos de coisas por razões especiais - casamento, ou carne, ou cerveja, ou cinema; mas no momento que ele começa a dizer que as coisas são ruins por si mesmas, ou a torcer o nariz aos outros que as usufruem, ele tomou o caminho errado.
Então no meu mundo cervejístico, que eu tolere esse povo que gosta de suas cervejas enxarcadas de lúpulo do mesmo modo que eu espero que eles tolerem a habilidade devotada das grandes cervejarias em fazer lagers suaves tão consistementemente bem.  Que eu tolere aqueles que se regozijam em cervejas expostas ao sol de modo que cheiram a gambá enquanto imploro que eles reconheçam o meu gosto por ales mornas e sem gás em um pub londrino.  E que os bebedores de vinho desse mundo saibam que eu sou totalmente tolerante de sua bebida preferida do mesmo modo que espero que eles permitam minhas próprias exaltações.

E da mesma maneira que ambos possamos tolerar brancos e negros, gays e heteros, ricos e pobres.  Reconheçamos que a humanidade idêntica reside tanto no presidente quanto no mendigo, tanto no CEO quanto no faxineiro; no homem, na mulher, na criança."


Texto extraído do livro Beer Is Proof God Loves Us: Reaching For The Soul Of Beer And Brewing, de Charlie Bamforth


2 comentários:

Anônimo disse...

Phil, que animal que está o seu blog.
Parabéns !
Muita informação interessante, layout agradável, textos bem escritos, ótimos videos.

Abraço

Giuliano

Phil disse...

Valeu...estamos aí, meio que aos trancos e barrancos e mês com 8 postagens e no seguinte, nenhuma; Viva essa minha liberdade de poder escrever o que eu quero e quando eu quero!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...